MilitaresBrasil-

30/09/2015 - Da trabalho para fazer, queremos mudanças!

         É amigos como diz um colega da trabalho para fazer coloca ai exclusivo produção e ainda tem que ouvir blá blá blá é muito trabalho para pouco reconhecimento mas existe sim um dedicação em fazer aquilo que se gosta, felizmente o Brasil tem muitas #pessoasdobem graças a Deus e com essas pessoas que trabalhamos, queremos sim ver um Brasil livre e próspero e se Eu, posso ajudar como diz uma amiga vou continuar marchando e acreditando nessa mudança. Todos que fizeram caca no voto deve estar arrependido ainda mais vendo tudo que está acontecendo enfim o brasileiro não merece isso, altos impostos cobrado sem retorno, combustível subindo todos os meses, inflação galopante, líderes corruptos e sem pudor e salário nem falo.  Precisamos sim, amadurecer e se conscientizar  que o voto tem muito poder e acreditar que podemos mudar. Nós militares não damos merecido credito em nós mesmos e principalmente aqueles colegas se se colocam na vitrine, precisamos aumentar nosso corporativismo e acreditar juntos vamos vencer, portanto Senhores (as) conto com cada um de vocês antes de criticar quem está fazendo decida  então faça melhor e mostre que é capaz. 
        A Bliblia nos diz em provérbios:
 29: 2 Quando os justos governam, o povo alegra-se; mas quando o ímpio domina, o povo geme.

         Decidi então a partir de hoje contar com cada um dos Senhores (as)  aqui presente que leram esse texto vamos juntos neste desafio, juntos seremos fortes e não daremos um passo atrás porque Deus é que está no controle. Se gostou deixe seu comentário, compartilhe e vamos em frente.

Éder Pr - militaresbrasil
 
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

30/09/2015 - 5ª Divisão de Exército inicia os preparos para a Operação Bormann

Curitiba – A 5ª Divisão de Exército (5ª DE), por intermédio da 5ª Região Militar (5ª RM), está realizando o deslocamento estratégico de meios para a Operação Bormann, que será realizada no Campo de Instrução Marechal Hermes (CIMH), em Três Barras (SC), entre os dias 10 e 23 de outubro de 2015. O deslocamento consta de transporte de blindados e de material de emprego militar de Artilharia, por meio ferroviário e rodoviário, a cargo da organização militar constituída para o Exercício, a 5ª Companhia de Transporte, sob o comando do também constituído 5ª Grupamento Logístico. Os meios estão sendo concentrados no 5º Regimento de Carros de Combate, localizado em Rio Negro (PR), onde permanecerão até o dia 5 de outubro, data em que se inicia o deslocamento operacional até o CIMH.

Os meios militares empregados na operação provêm do 20º Batalhão de Infantaria Blindado (Curitiba/PR), com o M113 BR; do 5º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (Curitiba/PR), com o Obuseiro VBC M108; do 15º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (Lapa/PR), com o VBC OAP M109; da Bateria de Comando da Artilharia Divisionária da 5ª DE (Curitiba-PR), com o M113 B; do 12ª Grupo de Artilharia de Campanha (Jundiaí/SP), com o Obuseiro M 114; do 2º Grupo de Artilharia de Campanha (Itu/SP), com o Obuseiro M 56; do 20º Grupo de Artilharia de Campanha Leve (Barueri/SP), com o Obuseiro M 56 e o Mrt P 120mm; do 26º Grupo de Artilharia de Campanha (Guarapuava/PR), com o Obuseiro Light Gun L118; da 11ª Bateria de Artilharia Antiaérea Blindada (Ponta Grossa/PR), com o Gepard; e do 33º Batalhão de Infantaria Mecanizada (Cascavel/PR), com a Viatura Blindada Transporte de Pessoal – Média de Rodas Guarani.

A Operação Bormann foi concebida num quadro de Defesa Externa, no período de Adestramento Avançado da 5ª DE. Nesse contexto estão inseridas as Operações Acanto, Setembrino de Carvalho, Aço e Silva Paes, que ocorrerão de forma integrada, atendendo aos objetivos de adestramento estabelecidos no Contrato de Objetivos do Comando de Operações Terrestres 2015.

Nesse quadro, a Operação Acanto contará com a 5ª RM mobiliando um Comando Logístico da Força Terrestre Componente, responsável pelo desdobramento de uma Base Logística Terrestre e de três Destacamentos Logísticos, tudo em apoio às Grandes Unidades e às organizações militares desdobradas no campo de instrução. A Operação Setembrino de Carvalho visa ao adestramento dos sistemas de fogos da Artilharia Divisionária da 5ª DE por meio de exercício de tiro no CIMH. Já as Operações Aço e Silva Paes constituem-se de exercício no terreno, no qual a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada e a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, respectivamente, empregarão seus meios em um quadro de defesa móvel. Fotos:5ª DE








Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

30/09/2015 - MInha opinião

Não sou de deixar comentários no blog sobre matérias aqui publicadas para não comprometer a  opinião do leitor portanto já estou encomodando muita gente, não me importo. 
O Blog é particular e  de caráter informativo o conteúdo é disponível na internet com as respectivas fontes, infelizmente tem algumas figurinhas que não sabe interpletar leitura e precisam que sejam desenhados, lamento profundamente o Brasil estar passando por esse período de recessão e com índices de  analfabetismo batendo recordes conforme IBGE 2014 no total 13,04 milhões de pessoas com 15 anos ou mais estão no grupo de analfabetos no Brasil, Já o número de pessoas com 10 anos ou mais que não têm instrução ou estudaram menos de um ano subiu de 15,3 milhões para 16 milhões.   perdendo até para países da amércia do sul lamentável, vou ficando por aqui para não aumentar minha indignação. 
O Objetivo do blog é informar é informar é preciso não temos a intenção de denigrir a imagem de ninguém e muito menos dos militares, só para saber Eu sou um deles fiquei na ativa até me aposentar e se você for a vitíma ou a notícia poderá passar por aqui ou não. Beijos no coração, estamos na meta mas se estamos encomodando vamos dobrar  a meta. Estou rindo até a copa de 2018.

                                                                         Éder Pr -Editor militaresbrasil
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

30/09/2015 - SOBRE O BLOG, OBJETIVO INFORMAR

O Blog é de uso particular e serve apenas para informar...                  

Objetivos, Politica de Privacidade e uso

1 - O Blog denominado www.militaresbrasil.com  não possui ligações direta ou indireta com o governo  ou partidos políticos.

2 - Caso venha ocorrer violação de direitos autorais e imagens e não me foi autorizado a exposição da mesma não foi intencional neste caso, peço  que entre em contato por mensagem, email, para que o conteúdo seja retirado do ar imediatamente.
Todo conteúdo aqui publicado encontra-se disponível na Internet.
         
   3 -  www.militaresbrasil.com de assuntos diversos e militar não se responsabiliza por conteúdos das mensagens, comentários, notícias e textos publicados ou enviados por usuários  ou ainda  colaboradores.  

As opiniões expressas neste portal pertencem aos seus respectivos  autores, todas as informações  aqui prestadas são citadas as fontes e seus respectivos Autores. As opiniões aqui postadas não representa a Opinião  do Blog.  

   
4 - O Blog se reserva o direito e a seu exclusivo critério, retirar quaisquer comentários ou postagens que possam ser interpretados  como contrários ou impróprios às regras de conteúdo do blog ou que não atentem às normas legais em vigor, quer sejam observados pela editor do blog ou por denúncia de terceiros.

     6-  
Não temos objetivo a ofensa pessoal ou violação dos bens e direitos de ordem moral pessoal, tais sejam o que se referem à liberdade, à  honra, à saúde (mental ou física), e ou à sua imagem. "nada pessoal". 
Só para saber... matéria disponível na internet como já citado.

                        Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. fonte: Constituição

 
   7 - O Blog poderá alterar a qualquer momento a política de privacidade e uso.


                                            'Brasil Acima de Tudo" 2009-2015

Éder Pr - Editor militaresbrasil
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

30/09/2015 - 9º Gpt Log realiza o Transporte do Carro de Combate M 60 para Boa Vista

Campo Grande (MS) – No dia 12 de setembro, o 9º Grupamento Logístico (9º Gpt Log) deu início à pioneira missão de transporte de uma viatura Blindada de Combate CC M 60 A3 TTS, do 20º Regimento de Cavalaria Blindado de Campo Grande (MS) para a Guarnição de Boa Vista (RR), com um trajeto tem cerca de 8.480 km.

A missão faz parte do Projeto M 60 e da experimentação doutrinária, versando sobre a Nova Logística Militar Terrestre, em desenvolvimento pelo Comando do Exército.

A coroação da atividade se dará com a realização do Exercício de Tiro executado pela guarnição do CC M 60 em Boa Vista, que tem por objetivo incrementar a interoperabilidade e o adestramento das atividades relativas ao Grupo Funcional Transporte, com a experimentação doutrinária do 9º Batalhão de Transporte, Unidade Logística em caráter experimental, orgânica do 9º Gpt Log.

O percurso tanto de ida, quanto de volta será realizado por vias terrestre e fluvial, com o apoio de organizações militares diversas, situadas ao longo do itinerário. O comboio de transporte tem a previsão de retorno em 18 de outubro de 2015.





Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

30/09/2015 - Soldado do Exército é preso suspeito de tentar assaltar

Soldado do Exército é preso suspeito de tentar assaltar jovem em Belém.
Rapaz foi abordado por duas pessoas atrás do cemitério de Santa Isabel.
Polícia apreendeu arma de brinquedo com os suspeitos. Do G1 PA

Um soldado do Exército foi preso em flagrante na tarde de terça (29) no bairro do Guamá, em Belém, suspeito de participar de uma tentativa de assalto. Segundo a Polícia Civil, o soldado de 20 anos e mais um homem participaram da tentativa.

A dupla abordou um rapaz atrás do cemitério de Santa Isabel e foi detida pela Polícia com o relógio da vítima. A Polícia informou que um revólver de brinquedo também foi apreendido com os suspeitos de assalto. O caso é investigado pela  Unidade Integrada ProPaz do bairro da Terra Firme.

Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

30/09/2015 - Viatura capota 10 militares ficam feridos no Rio

Kombi capota com militares da Aeronáutica no Centro do Rio
Militares sofreram ferimentos leves e foram levados para hospital.
Inquérito foi instaurado para apurar causas do acidente. Do G1 Rio
Uma Kombi com 10 militares da Aeronáutica capotou na Avenida General Justos, próximo à Praça Marechal Âncora, em frente à entrada do Terceiro Comando Aéreo Regional (III Comar), no Centro do Rio, na manhã desta terça-feira (29). De acordo com a Aeronáutica,  os militares sofreram ferimentos leves e foram levados para o Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG). Um inquérito foi instaurado para apurar as causas do acidente.
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

30/09/2015 - Oficial Médico do Exército é condenado por furto de ambulância. Ele integrava forças federais no Complexo da Maré

O Superior Tribunal Militar confirmou, por unanimidade, a condenação de um médico, aspirante à oficial do Exército, pelos crimes de abandono de posto e furto de uma ambulância militar do Exército, que estava sendo usada em uma operação. Foto: Severino Silva / Agência O Dia.
O militar, que era responsável pelo atendimento do contingente da Brigada de Infantaria Paraquedista em operação de pacificação no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, teve o somatório das penas fixado em um ano e um mês de detenção.
De acordo com a denúncia do Ministério Público Militar, no dia 10 de maio de 2014, o médico estava escalado para o serviço integral de apoio à Força de Pacificação da Maré. Em determinada hora da noite, o aspirante à oficial constrangeu o motorista da ambulância militar a entregar para si o seu fuzil e demais equipamentos necessários à missão e o obrigou dirigir até o bairro boêmio da Lapa, centro da cidade.
Após estacionarem o veículo, os militares, em trajes operacionais, ficaram andando pelas ruas do bairro com as armas em punho e chegaram, segundo a promotoria,  a consumir bebidas alcoólicas.
Após denúncias de transeuntes, os dois foram abordados por uma patrulha da Polícia Militar do Rio de Janeiro, que fazia ronda no local, e imediatamente desarmados e presos.
Denunciados à Justiça Militar Federal,  ambos foram condenados. A defesa do médico foi a única a apelar ao STM e pediu a reforma da pena fixada pela primeira instância em dois anos de prisão.
O soldado do Exército, motorista da ambulância, recebeu a pena de um ano e três meses de detenção, pelos crimes de abandono de posto e furto de uso. Este último crime se caracteriza pela subtração de algo para uso momentâneo, que é a seguir imediatamente restituído, conforme o artigo 241 do Código Penal Militar. 
No crime de uso, a pena máxima prevista no Código Penal Militar é de seis meses de detenção.  A pena é aumentada de metade, se a coisa usada é veículo motorizado; e de um terço, se é animal de sela ou de tiro.
No recurso, a defesa do oficial pediu a absolvição do réu por considerar ser impossível tipificar a conduta referente ao crime de subtração de coisa alheia. Segundo o advogado, tanto a ambulância como os demais itens eram de responsabilidade do médico e faziam parte do equipamento do soldado que estava escalado para aquela função, não podendo se falar em furto de uso.
O Ministério Público Militar pediu para que fosse mantida a condenação pelo crimes de abandono de posto e furto (de uso) da viatura militar. Porém, a promotoria pediu a absolvição do médico quanto à prática do crime de furto de uso do armamento, denunciado inicialmente, pois o oficial teria obtido o armamento e os equipamentos com a aquiescência do soldado.
O parecer dos promotores deixou claro que o fato não eximiu o réu do crime, mas descaracterizou o crime do artigo 241 do CPM (furto de uso).
Ao relatar o recurso de apelação, o ministro do STM Alvaro Luiz Pinto acolheu parcialmente o pedido da defesa para apenas desclassificar o crime do artigo 241 (furto de uso do armamento), ao descrever que para a tipificação do delito “é indispensável que o sujeito ativo tenha subtraído a coisa daquele que lhe tinha a posse ou propriedade, retirando-a, ‘subrepticiamente de sua esfera de vigilância e disponibilidade’”, o que não ocorreu no caso em questão.
O relator reconheceu a gravidade da conduta do oficial, que, em uma operação de Gararantia da Lei e da Ordem no Complexo da Maré era “o único médico, aspirante a oficial, responsável pela equipe de atendimento. Além de abandonar seu posto, utilizou a única ambulância do setor para ir até a Lapa, abordar civis e consumir bebida alcoólica em um bar, estando fardado e com armamento de elevado poder bélico”.  
O ministro manteve a condenação do médico pelo crime de abandono de posto e desclassificou o crime de furto de uso de armamento, para furto de uso de viatura militar.  
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

29/09/2015 - Exército promete punir autores de vazamento de dados de transexual

São Paulo - O Exército Brasileiro informou que vai responsabilizar os envolvidos no vazamento de fotos e documentos de uma transexual em um quartel em Osasco, na região metropolitana de São Paulo. A estudante de Administração e transexual Mariana Lively, de 18 anos, havia denunciado na segunda-feira, 28, ter sido fotografada enquanto entregava os documentos de alistamento militar no quartel do Complexo Militar de Quitauna, no bairro de mesmo nome. Imagens dela ao lado de documentos pessoais entregues no local, com o nome masculino de nascimento e telefone, foram publicados na internet em tom de piada por servidores.
Não foram divulgados quem seriam os servidores responsáveis. 

Em nota, o Exército afirmou que "não discrimina qualquer pessoa, em razão da raça, credo, orientação sexual ou outro parâmetro". "O respeito ao indivíduo e à dignidade da pessoa humana, em todos os níveis, é condição imprescindível ao bom relacionamento de seus integrantes com a sociedade."
O Exército disse ainda que "não compactua com este tipo de procedimento e empenha-se, rigorosamente, para que eventuais desvios de conduta, sejam corrigidos, dentro dos limites da lei". UOL
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

29/09/2015 - 2º SGT PROCK DA EsSA CONQUISTOU O 1º LUGAR NO DUATHLON X TERRA


Aconteceu nos dias 26 e 27 de setembro, a tradicional Etapa do X Terra - Estrada Real em Tiradentes - MG, conhecida como etapa "Casca Grossa", com percurso em trilhas e estrada de terra.
A prova contou com 3,13 km de corrida + 33,7 km de Mountain Bike + 9,3 km de corrida.
O 2º Sgt Prock da EsSa, representando o Exército, conquistou o 1° lugar com o tempo de 02:56:48.
PARABÉNS GUERREIRO!
BRASIL ACIMA DE TUDO! Comissão de Desportos do Exército.
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

29/09/2015 - REFORMA, RESERVA REMUNERADA

É amigo está indo para reforma = reserva remunerada e está meio perdido
vai uma dica importante: Encontram-se disponíveis para consultas, somente as Transferências para a Reserva efetivadas a partir do Mês de Junho de 1997. Faça sua consulta para ver o andamento do seu processo, se não constar no mês desejado tente no mês subsequente.
Obs: Você deve estar com a página do Departamento pessoal  aberta.após Click nesta imagem para ser direcionado.
http://portal.dgp.eb.mil.br/almq1/procura_reserva_mes_ano.asp

 TRANSFERÊNCIAS PARA A RESERVA E DISPENSA DO SERVIÇO ATIVO NO MÊS DE OUTUBRO DE 2015.
 desejo boa sorte, seja muito feliz nesta nova caminhada acredite você merece e está aposentado aproveite bastante agora no seio de sua dignissíma familia divirta-se.
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

28/09/2015 - Soldado do 8º BEC morre após ser atingido por descarga elétrica

Vítima estava utilizando aparelho celular no momento em que foi atingida.
Outro soldado que estava ao lado também sofreu consequências da descarga. Do G1 Santarém

Um soldado do 8º Batalhão de Engenharia de Construção (8º BEC), identificado como Tiago dos Santos Bentes, de 19 anos, morreu no domingo (27) após ser atingido por uma descarga elétrica no Destacamento Igarapé Preto (DIP), localizado no KM 174, da BR-163, em Placas, oeste do Pará.

De acordo com o 8ºBEC, a descarga elétrica ocorreu em um transformador de energia que fica em frente ao DIP. Tiago estava utilizando um aparelho celular que estava conectado à tomada quando foi atingido. Outro soldado identificado como Nadson Francisco, que no momento do incidente estava ao lado de Tiago, também sofreu consequências da descarga elétrica.

Ainda segundo o 8ºBEC, os dois soldados foram socorridos e encaminhados para o Hospital de Rurópolis. No caminho para a unidade de saúde, Tiago teve quatro paradas cardiorrespiratórias e não resistiu. Já Nadson teve uma parada cardiorrespiratória, mas foi estabilizado e passou por exames preliminares no hospital e depois foi transferido para Santarém, onde está internado em um hospital particular.

O corpo de Tiago foi trasladado na manhã desta segunda-feira (28) em uma balsa do exército para a comunidade Cuipiranga, na região do Arapiuns, onde será sepultado. Militares acompanharam o traslado e vão participar da cerimônia de sepultamento.

O 8º BEC informou que solicitou perícia junto a concessionária de energia para apurar as causas da descarga na rede elétrica.
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp
28/09/2015 - Motorista fica ferido após briga de trânsito com tenente da aeronáutica

28/09/2015 - Motorista fica ferido após briga de trânsito com tenente da aeronáutica

Oficial teria se irritado com tentativa da vítima de fugir de congestionamento.
Polícia cita abuso de autoridade no registro do caso, mas militar foi liberado.

Do G1 Campinas e Região
Um motorista de 34 anos se feriu após uma discussão de trânsito com um tenente da aeronáutica na Vila Joaquim Inácio, em Campinas (SP), na manhã deste domingo (27). De acordo com a vítima, o oficial quebrou o vidro do carro e o esmurrou várias vezes no rosto após um bate boca em uma via congestionada. O militar diz ter sido atacado primeiro, mas responderá por lesão corporal, dano, ameaça e abuso de autoridade. Os envolvidos foram ouvidos na Polícia Civil e liberados.
A briga ocorreu na Avenida Comendador Enzo Ferrari, que estava com trânsito lento, segundo os envolvidos, por conta de um concurso realizado em uma universidade das imediações. A vítima estava acompanhada da esposa, que teria pedido passagem ao militar para o marido tentar fugir do congestionamento. A confusão se iniciou nesse momento.
A vítima afirma que o militar se recusou a dar passagem e a esposa o acusou de usar o celular enquanto dirigia. Os três iniciaram um bate-boca e, segundo as vítimas e uma testemunha, irritado, o tenente desceu do carro, quebrou o vidro da janela e deu vários socos na boca do motorista que ficou preso ao cinto de segurança sem poder reagir. Outros motoristas teriam tentado intervir, mas o suspeito teria dito que por ser militar não temia qualquer punição.
Tanto a vítima quanto o autor procuraram o distrito policial após a confusão. A Polícia Civil registrou um termo circunstanciado de ocorrência com as versões da vítima, da esposa da vítima, de uma testemunha e do tenente da aeronáutica. Em defesa própria, o militar afirmou que, antes de se irritar, o motorista do outro carro tentou jogar o veículo contra ele e também teria acertado a lateral do automóvel do militar, que solicitou, inclusive, perícia. O tenente também negou ter utilizado a posição de oficial das Forças Armadas para se beneficiar.
O G1 tentou contato com o oficial, mas ele não foi localizado. A reportagem também tentou contato com a assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira por telefone e email, mas até esta publicação não teve retorno.
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

28/09/2015 - Quinze milhões de visualizações

Quinze milhões de visualizações; isso não tem preço!


O Montedo.com atingiu quinze milhões de visualizações de páginas, sinaliza o contador oficial do Blogger (confira, à direita do Blog).
A vida por vezes nos brinda com experiências muito especiais, e este nosso contato diário representa para mim uma recompensa extraordinária. Quando iniciei aqui, em maio de 2009, jamais poderia imaginar algo assim. Desde lá, as quase treze mil postagens geraram mais de quarenta e cinco mil comentários publicados e transformaram o Blog numa referência no meio militar. 
A audiência do Montedo.com aumenta em proporção geométrica. Levamos quatro anos e meio para atingir a marca de dez milhões de visualizações, em outubro passado. Onze meses depois, chegamos aos quinze milhões. Imitando a propaganda, "isso não tem preço", afinal, credibilidade não se compra no boteco da esquina. Credibilidade se ganha, dia após dia.
Obrigado a todos pelo reconhecimento. 
Vamos em frente!
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

27/09/2015 - Cassação de MEDALHAS mensaleiros


Cassação de MEDALHAS. Medalhas dos mensaleiros. Comandante determinou cassação. Medalhas dos mensaleiros. Fontes afirmam que Comandante determinou cassação discreta.


 Parágrafo único. A cassação será feita ex-officio, em ato do Comandante do Exército.”
O assunto parecia ter caído no esquecimento. Mas não caiu, com a nova prisão de José Dirceu veio á tona novamente a questão. Essa história da cassação atormentou os últimos dias de comando do general Enzo Peri. Contudo, o general conseguiu entregar o comando sem uma definição do caso, passando a bola para seu sucessor, o general Villas Bôas.
O DECRETO Nº 4.207, DE 23 DE ABRIL DE 2002 prescreve que perderá o direito ao uso da Medalha do Pacificador e será excluído da relação de agraciados o condecorado nacional ou estrangeiro que: a) tenha sido condenado pela Justiça do Brasil, em qualquer foro, por sentença transitada em julgado, por crime contra a integridade e a soberania nacionais ou atentado contra o erário, as instituições e a sociedade brasileira.
Militares da reserva e sociedade, que ainda enxergam o general Villas Bôas como portador dos mesmos valores que nortearam ações de heróis como Caxias e os pracinhas, acreditavam que o general não se deixaria dobrar por pressões políticas-ideológicas e que o referido militar forneceria à sociedade a resposta esperada quanto à cassação das condecorações concedidas a mensaleiros como José Genoíno e outros.
Segundo o posicionamento recente do Ministério Público, que pressionou o Exército em relação ao cumprimento da norma, cassar as condecorações é função definida em lei como de responsabilidade do próprio Comandante do Exército.
 Parágrafo único. A cassação será feita ex-officio, em ato do Comandante do Exército.”
O novo Comandante do Exército não falou sobre publicamente sobre o assunto. Mas, algumas de nossas fontes informaram que o general já fez a devida cassação no que diz respeito ao mensaleiro José Genoino Neto. A equipe da Revista Sociedade Militar, além de pedir informações ao comando do EB, fez a devida verificação no almanaque ONLINE. Já confirmamos que o nome de José Genoíno Neto foi realmente removido dos resultados do Almanaque Online da Medalha do Pacificador.  Aguardamos para essa segunda-feira a resposta oficial do Comando do Exército.
O nome do Mensaleiro constava no ALMANAQUE como “José Genoíno Neto”, condecorado pela Portaria 392, de 15 de julho de 2003. O ato foi publicado no Boletim nº 30 de 2003.
Veja abaixo as consultas recentes.
Consulta realizada em agosto de 2015.
 
Consulta realizada em 27 de setembro de 2015
Medalha do pacificador cassada genoino
Obviamente falta cassar ainda as medalhas de José Dirceu, Roberto Jefferson, Valdemar da Costa Netto e outros. Mas, se de facto a cassação aconteceu, e tudo indica que SIM, sendo realizada da forma discreta que caracteriza os atos do comandante Villas Bôas, e não seja apenas um “equivoco” do almanaque online, percebemos aí um bom e significativo sinal de que realmente está em curso um processo de moralização desse país.
Revista Sociedade Militar
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp
27/09/2015 - Defesa debate impactos das mudanças ambientais nas operações militares

27/09/2015 - Defesa debate impactos das mudanças ambientais nas operações militares

Brasília, 25/09/2015 – Nesta sexta-feira (25), militares das Forças Armadas estiveram reunidos para a Jornada de Trabalho sobre Mudanças Climáticas. O evento, que aconteceu durante todo o dia, no auditório do Ministério da Defesa, teve o objetivo de apresentar impactos das mudanças climáticas em operações marítimas, terrestres e aéreas. Ademais, foram apresentados relatórios prospectivos de alterações no clima para até o ano 2100.
Foto: Tereza Sobreira
Diretor do Inpe mostrou mapas climáticos
Diretor do Inpe mostrou mapas climáticos
Além de palestras com integrantes das Forças, as exposições contaram com profissionais dos ministérios do Meio Ambiente; Relações Exteriores; Integração Nacional; Ciência, Tecnologia e Inovação; e do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).
Logo pela manhã, o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Leonel Fernando Perondi, explicou o funcionamento de seu órgão. Ele disse que a instituição está dividida em três camadas: acesso ao espaço, infraestrutura espacial e aplicações. Esses setores cuidam de temas como meteorologia e ciência do sistema terrestre, entre vários outros.
Perondi mostrou, também, como são gerados cenários futuros para chuvas, precipitações e temperaturas, no formato de gráficos. “Esses mapas servem de entrada para outros estudos”, alertou. Com tecnologia, as prospecções são realizadas em períodos bem espaçados, como os anos de 2040, 2070 e até mesmo 2100.
Sobre o clima, destacou que de acordo com estudos do Inpe, a tendência é que a temperatura seja cada vez mais quente em toda a América do Sul. No Brasil, o máximo de aquecimento será na região Centro-Oeste em todas as estações do ano. No caso das chuvas, haverá aumento no extremo oeste da Amazônia.
Forças Armadas
A apresentação da Marinha ficou a cargo do capitão-de-fragata Felipe Santos. O oficial citou alguns eventos climáticos que já estão em andamento no país, tais como ondas de calor, chuvas pesadas, furacões, inundações e secas, geleiras e niveis do mar subindo.
“A mudança no clima de ondas pode alterar o transporte de sedimentos e a morfologia costeira, gerando impactos sobre as estruturas e benfeitorias, como, por exemplo, em instalações portuárias”, falou.
A nível mundial, segundo ele, pode haver escassez de alimentos, água potável, energia e terras agrícolas, o que geraria aumento das tensões entre países e colapsos econômicos. 
Para o capitão-de-fragata, “o acompanhamento e as possíveis consequências das alterações climáticas devem estar previstas nas estratégias de defesa e segurança nacionais. É fundamental o monitoramento de dados ambientais e a realização de estudos científicos para refinar as projeções e permitir a reavaliação regular dos riscos, vulnerabilidades e oportunidades”.
Já o Exército ficou sob a responsabilidade do coronel Moacir Rangel Junior. Ele acredita que é necessária uma nova estruturação da Força Terrestre, já que a instituição vem sendo constantemente empregada para ações de ajuda humanitária no caso de catástrofes naturais. Por conta disso, está em experimentação doutrinária uma equipe do Exército só para atuação nessas situações. Inicialmente, os testes acontecem em Recife (PE).
Foto: Gilberto Alves
Evento discutiu situações que poderão ser desencadeadas com alterações de clima, temperatura e aumento do nivel do mar
Evento discutiu situações que poderão ser desencadeadas com alterações de clima, temperatura e aumento do nivel do mar
O coronel exemplicou, ainda, iniciativas sustentáveis em curso. Uma delas é o programa de baterias de sódia da Usina de Itaipu, que servirá, por exemplo, para suprir energia dos pelotões especiais de fronteira. A tecnologia recarrega o equipamento por meio de força eólica ou solar.
No que diz respeito às soluções para o problema do clima, o militar sugeriu que o tema seja estudado pelo Estado-Maior do Exército e pelo Departamento de Ciência e Tecnologia da Força. “Não existe, ainda, nenhum desdobramento da temática em curso.”
Por fim, a Aeronáutica apresentou os impactos das mudanças climáticas nas operações aéreas por meio do tenente-coronel Paulo Roberto Bastos de Carvalho. De acordo com seus estudos, com a variação de temperatura, há diferença no desempenho das aeronaves.
Também advertiu que, com o tempo, os aeroportos sofrerão impactos e a malha aérea deverá ser alterada. Acerca do aumento no nivel do mar, detalhou que as consequências vão de encontro à alta incidência de tempestades, principalmente em áreas costeiras.
“O Brasil vai sofrer grandes variações climáticas de Norte a Sul e vai impactar nas operações aéreas. É uma situação nova para a Força que deverá ser pensada”, afirmou.
O chefe da Assessoria de Doutrina e Legislação da Defesa, general Manoel Lopes de Lima Neto, acrescentou que no caso do ministério, já existe um protocolo de intenções para atuação em casos de desastres naturais, quando o apoio da Marinha, do Exército e da Aeronáutica é solicitado. “Este memorando é em conjunto com os ministérios da Integração e da Saúde.” Por Marina Rocha- defesa
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

26/09/2015 - 27º GAC – Operação Coxilha

Ijuí (RS) – Na semana de 18 a 24 de setembro, o 27º Grupo de Artilharia de Campanha participou da Operação Coxilha da Artilharia Divisionária da 3ª Divisão de Exército, no Campo de Instrução Barão de São Borja, em Rosário do Sul (RS). A atividade teve o propósito de promover o adestramento básico da Unidade e realizar a coordenação de fogos do escalão divisionário. O Grupo contou com a participação de 218 militares da organização militar na execução de 221 tiros reais do Obuseiro M114 155 mm AR. Foto: 27º GAC


Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

26/09/2015 - 10º RC Mec – 1º Estágio de Adjunto de Comando

Bela Vista (MS) – Como parte da programação do 1º Estágio de Adjunto de Comando, foi realizada uma atividade em grupo, onde os estagiários puderam debater sobre vários tema propostos.  A atividade foi conduzida pelo Adjunto de Comando do 10º Regimento de Cavalaria Mecanizado, Subtenente Kokuca. Foto: 10º RC Mec
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

26/09/2015 - 25° BC – Fiscalização da Operação Carro-Pipa


Teresina (PI) – No período de 19 a 21 de setembro, o Comandante Militar do Nordeste, General de Exército Manoel Luiz Narvaz Pafiadache, realizou a fiscalização da Operação Carro-Pipa nas áreas de responsabilidade dessa organização militar, dentro do contexto da Fiscalização Total.
Foto: 25° BC
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

26/09/2015 - Forte de Coimbra comemora 240 anos

Corumbá (MS) – No dia 15 de setembro, a 3ª Companhia de Fronteira e Forte de Coimbra, organização militar diretamente subordinada à 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, realizou uma solenidade para celebrar o 240° aniversário do Forte de Coimbra, transcorrido no último dia 13 de setembro.

Além da formatura realizada na antiga Praça D’Armas do Forte, alunos da Escola Ludovina Porto Carrero, localizada nas proximidades do Forte, executaram uma encenação teatral que reconstituiu a participação dos personagens e os acontecimentos que marcaram a história desse importante patrimônio histórico brasileiro. Estiveram presentes autoridades locais, familiares e moradores da comunidade do Forte de Coimbra.


Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

25/09/2015 - STM condena ex-cabo do Exército por desvio de peças bélicas

 O Superior Tribunal Militar (STM) manteve a condenação de um ex-cabo do Exército, acusado de furtar peças de material bélico da armaria do 62º Batalhão de Infantaria (62º BI), sediado em Joinville (SC). O militar foi condenado a três anos de reclusão.
imagem ilustrativa internet.

Segundo a denúncia do Ministério Público Militar, o então cabo R.C.S.S era auxiliar do serviço de manutenção de armamento do batalhão, quando resolveu levar do quartel uma caixa contendo diversas peças de armamentos. O flagrante ocorreu no dia 29 de setembro de 2012, no pátio de estacionamento do 62º BI.

Ainda de acordo com o MPM, foi realizada uma diligência de busca e apreensão decorrente de mandado judicial. Na ocasião, foram encontrados no carro do denunciado uma caixa contendo ferramentas e peças de armamento, de propriedade do quartel, avaliada em quase R$ 2.880. A intenção do militar, segundo os promotores, era garantir a posse indevida dos materiais.

Em julgamento na primeira instância da Justiça Militar da União, na Auditoria de Curitiba, o acusado foi condenado pelo crime previsto no artigo 303 do Código Penal Militar - peculato. Diante da condenação, a defesa do ex-cabo recorreu ao Superior Tribunal Militar, argumentando, em síntese, que o ex-militar não agiu com intento doloso de se apoderar das ferramentas e das peças de armamento, uma vez que a caixa de ferramentas se encontrava em local visível.

Pediu também a aplicação do princípio in dubio pro reo, pois haveria dúvidas sobre a ocorrência do fato, pois não se tinha nos autos indícios suficientes para a condenação. O advogado requereu a absolvição, reconhecendo que o cabo não teria agido com intenção de roubar, o que descaracterizaria a tipicidade de conduta.

Por sua vez, o Ministério Público Militar refutou a alegada atipicidade da conduta e argumentou que, na esfera castrense, qualquer violação à legalidade constitui-se, via reflexa, em ofensa à disciplina militar, bem como às obrigações éticas e aos deveres militares, todos vertidos de forma clara no Estatuto dos Militares. E se posicionou pela improcedência da apelação feita pela defesa, por estarem claramente demonstrados todos os elementos do tipo penal e não haver qualquer dúvida quanto à intenção do agente.

Ao apreciar o recurso, o ministro Odilson Sampaio Benzi negou provimento. Segundo o magistrado, o conjunto de provas permite concluir que o réu, de forma livre e consciente, em razão de exercer a função de auxiliar de sargento mecânico de armamento do 62º Batalhão de Infantaria, subtraiu para si a caixa de ferramentas.

“À luz do conjunto probatório, a alegação de que agiu apenas com o intuito de realizar pequenos reparos em sua residência, pelo que devolveria a caixa de ferramenta e as peças que nela estavam contidas não faz qualquer sentido. Primeiramente, deve ser ressaltado que o acusado não solicitou autorização do seu superior hierárquico para utilizar a caixa de ferramenta ou qualquer outra peça. Além disso, entre os equipamentos que o acusado levou consigo, a maioria destes foram peças de armamento que não possuem nenhuma utilidade à instalação de chuveiros, prateleiras e suportes”, disse o magistrado.

O relator também argumentou que se o ex-cabo tivesse tão somente a intenção de realizar pequenos trabalhos domésticos, não teria ficado por tanto tempo, nove dias, com o material apreendido.

Do mesmo modo que ele também não conseguiu explicar, de forma satisfatória, o motivo de inúmeras peças de armamento estarem dentro da caixa de ferramenta.

“Assim, não há que se falar em atipicidade de conduta, eis que o réu, valendo-se da facilidade que sua posição de militar lhe proporcionava, subtraiu, para si, com intuito doloso, os bens delineados na peça acusatória, pelo que o fato se adequa perfeitamente ao crime de peculato-furto”.

Do mesmo modo, afirmou o ministro, não há como se cogitar a hipótese de aplicação do  in dubio pro reo. “Porquanto as controversas desculpas do acusado não se prestam como elementos aptos para gerar dúvidas quanto ao elemento subjetivo do tipo, mas, sim, demonstram o quão ciente estava da irregularidade de sua conduta, ao ter alegado fatos sem qualquer respaldo nas provas colacionadas aos autos”.

Por unanimidade, os demais ministros da Corte conheceram e negaram provimento ao recurso da defesa.

Reincidência - O ex-cabo foi investigado e responde a outra ação penal na Justiça Militar Federal, pela acusação de peculato-furto, em decorrência do suposto desvio de mais de 40 armamentos apreendidos pela polícia paranaense e guardados judicialmente no quartel. As 47 armas curtas (revólveres e pistolas) estavam guardadas em um caixote, dentro da armaria, e a suspeita recaiu sobre o réu em razão da sua função de armeiro e de responsável pela reserva de armamento.
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

25/09/2015 - CRE - Comissão de Relações Exteriores debate em 24/09/2015 Gen Villas Boas

Veja como foi a entrevista debate sobre os projetos estratégicos da Forças Armadas e Defesa Nacional com o Ministro da Defesa Gen Villas Boas no Senado apartir dos 1.55.30
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

25/09/2015 - ESTABILIDADE COM TRÊS ANOS

tramitação do Projeto de Lei n° 3115 de 2015, para conferir estabilidade funcional com três anos de tempo de serviço aos Militares. De acordo com a legislação atual, o militar só tem direito à estabilidade funcional após 10 anos de serviços.

Juntos somos fortes. Nem um passo daremos atrás.

DEUS ESTÁ NO CONTROLE!
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp
24/09/2015 - EUA fornecem à Colômbia, de emergência, mísseis AA Stinger e antitanque TOW

24/09/2015 - EUA fornecem à Colômbia, de emergência, mísseis AA Stinger e antitanque TOW

ESPECIAL: Em resposta à hostilidade de Caracas, EUA fornecem à Colômbia, de emergência, mísseis AA Stinger e antitanque TOW

ColômbiaTOWBGM71C
Posto de tiro TOW BGM-71C, do Exército colombiano
Por Roberto Lopes-planobrazil
Reportagem exclusiva do analista de Defesa colombiano Erich Saumeth Cadavid revelou hoje, no site de notícias Infodefensa.com, que, na semana passada, a indústria americana enviou via aérea à Colômbia dois lotes de mísseis destinados ao Exército e à Infantaria de Marinha daquele país.
Foram 60 novos mísseis antiaéreos Raytheon FIM-92A Stinger RMP-Block II, de ombro, aptos a alcançar alvos voando a distâncias de até 8.000 metros, e 100 mísseis antitanques do tipo BGM-71E-TOW-2A, acompanhados de 50 estojos lançadores, capazes de impactar alvos afastados até 3.750 m do ponto de lançamento.
Além dessas armas os militares colombianos estão aguardando um lote de mísseis antitanque RDS Spike MR/LR, modelo com ação de alta eficácia contra alvos a até 8.000 m de distância.
cOLOMBIA sPIKE
A sequência mostra um míssil Spike em seu posto de tiro (visto aqui ao ser exibido em uma feira de armamentos em Singapura), e duas imagens ilustrativas do funcionamento do míssil antiaéreo americano Stinger
ColombiaStingera Colombia StingerB
O texto de Saumeth Cadavid dá a entender que os colombianos não estão interessados em esconder, ou mesmo disfarçar, o objetivo das aquisições de Stinger e de TOW. Muito pelo contrário.
A Aviação Militar Bolivariana da Venezuela possui dois esquadrões de modernos caças-bombardeiros de origem russa Sukhoi-30Mk2 – aos quais os colombianos podem contrapor apenas um pequeno número de Kfir C-10 modernizados (quatro, segundo uma informação que circulou na imprensa internacional nos últimos dias).
Além disso os venezuelanos possuem jatos subsônicos chineses K-8 Karakorum com alguma capacidade de ataque ao solo por meio de bombas e foguetes não guiados; aeronaves de qualquer forma bem mais modernas que os velhos e pouco disponíveis A-37B Dragonfly de fabricação americana da Força Aérea Colombiana (FAC).
Em terra o desequilíbrio é ainda maior.
Os colombianos não possuem carros de combate. Seu parque blindado é formado apenas por algumas dezenas de modernas viaturas americanas sobre rodas 8×8 LAV III Gladiador, para reconhecimento e transporte de tropas (algumas dotadas de postos de tiro TOW), veículos 4×4 Guardian M-1117 – de limitado valor operacional –, e os antiquados carros EE-9 Cascavel, equipados com canhão de 90 mm, fabricados no Brasil pela falida empresa paulista Engesa.
ColombiaLAVIIIoutraotimafoto
A sequência mostra o LAV III Gladiador, o mais moderno blindado do inventário colombiano
ColombiaLAVIIIótimafoto ColombiaLAV III Gladiador
Reyes É a segunda vez que os americanos acodem os colombianos em caráter de emergência, ante um comportamento belicoso por parte do governo de Caracas.
Em março de 2008, depois que um ataque aéreo realizado por monomotores A-29 Super Tucano da FAC matou, em território equatoriano, o líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia Édgar Devia – o Raúl Reyes –, o governo do Coronel Hugo Chaves realizou uma grande mobilização militar em suas fronteiras com a Colômbia.
Em questão de horas o governo de Bogotá anunciou que estava disponibilizando sete bases aéreas para a operação de aeronaves de combate da Força Aérea e da Guarda Nacional dos Estados Unidos. Foi o bastante para que Caracas diminuísse sensivelmente o seu palavrório intimidador…
Por essa época, analistas ocidentais classificavam  a Colômbia como o terceiro país maior receptor de armas americanas em todo o mundo.
De acordo com Saumeth Cadavid, os Stinger vão proteger instalações estratégicas da infraestrutura colombiana e também prover cobertura antiaérea para frações de tropa desdobradas no terreno (fixas ou em deslocamento), em missões de vigilância e controle fronteiriço.
T-72B1 – Os TOW-2A que chegaram nas últimas horas à Colômbia serão repartidos entre unidades da força terrestre e dos fuzileiros navais locais.
Conforme o articulista colombiano enfatiza, é preciso notar que esse tipo de vetor está apto a perfurar as placas de blindagem reativa Kontakt-1, que revestem diversos modelos de blindados de origem russa como, por exemplo, o T-72B1, dotado de canhão de 125 mm – do qual o Exército venezuelano recebeu, nos últimos anos, aproximadamente 200 unidades (redenominadas de T-72B1V). Comentários adicionais são dispensáveis…
CAR04 CARACAS (VENEZUELA), 05/07/2011.- Aspecto del desfile militar con motivo de la conmemoración del bicentenario de la Independencia de Venezuela hoy, martes 5 de julio de 2011, en Caracas (Venezuela). La Fuerza Armada Nacional Bolivariana (FANB) exhibió el poderío militar venezolano en el desfile con material bélico recientemente adquirido a Rusia y China principalmente. EFE/ David Fernández
Tanques T-72B1V em Caracas; notar a blindagem reativa
O Exército colombiano já opera o TOW, mas apenas o da versão BGM-71C, de menor capacidade de penetração.
De acordo com o artigo, uma centena desses mísseis estão, nesse momento, sendo submetidos a um processo de modernização y posiblemente de aumento en sus prestaciones (“e possivelmente de aumento em seus préstimos”).
O texto de Infodefensa.com agrega a informação de que os colombianos iniciaram também um procedimento de manutenção nos seus 500 mísseis anti-tanque RADS Spike MR/LR, com alcances entre 2.500 e 4.000 m.
Postado Por: Éder Pr- http://militaresbrasil.blogspot.com
SE GOSTOU COMPARTILHE:
Compartilhe no WhatsApp

Papo Verde Oliva

Pesquisar

NOTÍCIAS DO SITE

Total de visualizações de página

Insira o seu endereço de email, É GRÁTIS

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

OBRIGADO PELA INSCRIÇÃO

FIQUE BEM INFORMADO - AS MAIS LIDAS